quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Respostas cinzas

Havia  muitas perguntas no horizonte...
Hoje o vento traz respostas cinzas
Um eco de silêncio
que retumba ao movimento leve
e passageiro do tempo

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Como numa peça de teatro

Como num palco de uma peça de teatro
Por vezes euforia,
por vezes inquietudes

Há momentos que entramos
Há momentos que partimos

Por entre caminhos, sonhos, histórias e experiências
Vamos conhecendo, aprendendo e descobrindo
A vida
O sol e o anoitecer
O pranto e o sorriso

Como no palco de um teatro
Me permito agradecer
Me permito sonhar
E fazer destes passos o significado
que dou e desejo traduzir
 a cada instante
que possuo  a oportunidade de sentir

As cortinas do palco se abrirão
e será um novo dia

Somos capazes de escrever nossa própria história
de lutar por algo justo, pelos sonhos,
pelos quais os olhos brilham
O que o faz seguir, ser quem és
Constituem a essência
Autores, atores de uma vida toda






segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

O motivo que faz seus olhos brilharem

Será que com o tempo
Vamos nos distanciando de nós mesmos?
Na busca incessante...

Lembrar o mais importante:
A beleza de um instante
O sorriso verdadeiro que te desarma
O abraço que te toca a alma
O gesto que nos faz humanos
A relação verdadeira
O caminho que te enche de energia,
O motivo que faz seus olhos brilharem
A amizade que alguém precisa
A voz que acalma e que incentiva a resistir
Às injustiças que não são esquecidas
A união que faz sermos mais que um
Sermos múltiplos
De sentimentos 

A nossa essência maior
Quem somos quando o dia se inicia,
quando a noite se vai
Quem sou neste momento

Penso muito sobre a vida...
O que ela diz
a todo momento...

Saber que a vida é este instante
que temos
Que o momento certo é agora
Se é o que deseja profundamente

A beleza de sentir
Simplesmente sentir
Ser
Fluir
Viver
Compartilhar
E andar de passos dados
O que te faz ser melhor

O que virá
Depois
Que
Tudo
Começa...

terça-feira, 1 de janeiro de 2019

Recomeçar

Há momentos em que ficamos
Sem respostas
Com muitas perguntas por dentro
Tudo fica distante
Até a gente 
Como se o brilho do olhar
Se apagasse por instantes
Só preciso recomeçar a andar

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Como um rio

Agora que a vida se inicia
E que parece transformar aos poucos o que antes existia...
Que os tempos são outros
Que a incerteza paira pelo ar
E toda forma de expressão encontra-se   adormecida, ou talvez não...

Agora que olho para o futuro
Com os olhos como um rio a transbordar
Na mesma mistura inexplicável de sentimentos
Com a imensa vontade  de fazer a diferença
Com a certeza de que é o caminho que quero trilhar

A vida é repleta de coincidências

Como amanhece o sol a cada novo dia
Espero ter  sua luz e força
que nos iluminam

Que a liberdade da nossa essência
Seja mais forte que nossos medos
Atrevamo-nos a ser nós mesmos

Sonhar, por mais simples ou grande que seja
Ir além das fronteiras, barreiras

O mundo não é o mesmo que antes
Mas não diferente  como pensávamos que seria ou que será
Continuamos as mesmas regras
que nossos bisavós  viveram.
Gerações que talvez muitos não conheceram
Mas cuja histórias  deixaram raízes

É preciso firmeza nestes novos tempos e atenção ao que estão planejando para nós

Muito amor no coração
para tirar qualquer e toda  indiferença
Para que a união seja mais forte, sempre